Conhecendo a fábrica da Mercedes-Benz no interior de São Paulo

A Mercedes-Benz inaugurou sua nova fábrica de automóveis no Brasil na última quarta-feira e eu estive lá como jornalista e emissária do canal Motor Mais, e com a oportunidade de ver a produção de carros de passeio na linha de montagem em Iracemápolis, interior de São Paulo, na região de Campinas. Muito legal puder presenciar esse momento. Agora os carros que chegam as concessionárias, inclusive a do Piauí, são montados em solo brasileiro, com as peças vindas da Alemanha.  
Na entrada do evento, na fábrica da Mercedes- Benz
Foto: Arquivo pessoal


Lounge para receber os convidados

Com a planta, a marca aumenta assim sua rede de produção mundial como parte da estratégia de crescimento global "Mercedes-Benz 2020". A nova fábrica de Iracemápolis foi aberta oficialmente por representantes do grupo Daimler AG em uma cerimônia que contou com a presença de autoridades, fornecedores e imprensa automotiva e de economia. Um dos momentos mais legais, além do tour pela linha de montagem, foi a apresentação musical de crianças e jovem do projeto Guri, que cantaram o hino nacional e depois fizeram percussão em equipamentos adaptados a partir de peças de carro doadas pela Mercedes. Foi emocionante!



O primeiro veículo a sair da linha de produção foi um Classe C, apresentado no palco para os convidados. Os funcionários da linha de produção o levaram até lá!


Fotos: Divulgação

Camisetas podem compor visual do básico ao hi-lo


Fotos: Divulgação
Montagem: Tricô com Bossa

Uma das peças mais versáteis e clássicas do guarda-roupa feminino, sem dúvidas é a t-shirt! A camiseta conquistou espaço e transita como nenhuma outra entre o hi-lo da moda, seja com um modelo básico até mais trabalhado. A J.Chermann, da designer Julie Chermann, expert nesse tipo de peça, repete a dose e trouxe novos desenhos feitos à próprio punho para sua segunda coleção cápsula com a C&A.  A coleção estará nas lojas dia 22 próximo e eu fiz uma pequena seleção de peças que fizeram a minha cabeça. Os preços que vão de R$ 49,99 até R$ 79,99. No total são 16 modelos que prometem trazer ares moderno e divertido para o guarda- roupa.



Experimentei a linha tea tree da The Body Shop


Olá, pessoas tricoteiras!

Voltei com os testes de produtos de beleza e cuidados pessoais. Desta vez vou falar da famosa linha Tea Tree da The Body Shop, que é sucesso de vendas e resultados. Recebi para testar da franquia de Teresina (loja no Teresina shopping) o scrub, tônico e hidratante da linha, isso tem mais ou menos um mês e já dar para comentar os efeitos. Sempre quis experimentar o óleo de tea tree, mas estava em falta na loja e esses dias deve chegar o produto, então vou comprar e depois farei resenha dele, mas experimentei do demonstrador da foto e ele me surpreendeu, pois apesar de ter a apresentação em óleo seca rápido e não fica resquício, a pele fica sequinha. Ele é anti-inflamatório e tem a função de secar espinhas. Como sabem tenho acne até hoje, e vivo consultando o dermatologista, aliás estou prestes a começar um tratamento para a pele e pros cabelos receitado por minha medica, pois estou em crise de acne e queda de cabelo, mas esse será tema de um próximo post.

Voltando para os produtos da The Body Shop, o que mais gostei foi o tônico, ele não arde, deixa a pele sequinha e macia; já o esfoliante é do tipo que gosto: forte, então usei com parcimônia e o resultado é pele lisinha, já o hidratante usei à noite (confesso que não lembrei de usar todos os dias) e ele da um viço à pele, hidrata (claro) e deixa a pele macia. A linha promete uniformização da pele, como tem pouco tempo de uso e também estou em crise de acne, não dá para emitir uma opinião sobre isso, mas no geral os produtos cumprem a função de cuidados com a pele oleosa e fiquei satisfeita com os efeitos na pele.

Alerta Trend: crossbody bag

Foto montagem: Adriana Lemos


Oi, meninas tricoteiras!

Vamos falar mais um poucos sobre os trend alertas do Inverno 2016? Desta vez trago o que vai pegar em acessórios e são as bolsas a tiracolo. Elas possuem alça longa e o modelo pode ser usado sobre o ombro, na transversal ou até mesmo como clutch, sempre com espaço para carregar o essencial.


Foto: divulgação

As crossbody bags - como são chamadas nesta temporada - têm origem na década de 40 com a evolução dos direitos da mulher, que na época pedia por maior mobilidade e prezava por deixar as mãos livres. Também explorada alguns anos depois pelo movimento hippie em materiais mais rústicos, a bolsa chega reinventada aos dias de hoje para atender a vários gostos, sendo encontrada em diferentes formatos, cores, tecidos e acabamentos.

Quero uma bolsa nesse estilo já! E vocês gostam do modelo? Já dei a dica sobre esse acessórios ma-ra lá no instagram do blog @dri_do_bossa (segue lá).
Espero que tenham gostado do post. 
Bjinhos e até a proxima!

Ateen faz mais uma parceria com a C&A e traz um inverno boho e gipsy



Pela segunda vez, a marca carioca Atten apresenta uma coleção para a fast fashiom C&A. A aposta  é em uma leitura moderna da estética boho, com referência clara aos anos 70.

Para este inverno, a estilista Maria Rita Magalhães Pinto criou novas leituras de seus maiores ícones como batas bordadas, looks em suede, calças flare e saias. As grandes apostas são a combinação de batas e saias com a mesma estampa, formando um total look, e vestidos super versáteis que podem ser usados em três diferentes formas: ombro a ombro, ombro só e tomara que caia.



A coleção traz uma cartela para a meia-estação, fácil de usar e de combinar: verde militar, rosa, berinjela, azul e preto, além dos brilhos na linha de festa. 


A influência setentista define shapes e estampas que podem ser combinadas com os acessórios com pegada gipsy, como sandálias e botas de couro, chapéus, maxi colares, brincos e bolsas com franjas e tachas que são a cara da Ateen.



Mais uma vez fizemos uma seleção do que nos prendeu pelo coração para mostrar a vocês em fotos! Quem me acompanha sabe que este é meu estilo preferido forever...
Espero que gostem! ah, a coleção estará em lojas selecionadas a partir de 8 de março e os preços variam de R$ 49,99 a R$ 299,99.

Jaqueta bomber é uma das apostas de várias marcas para o inverno 2016


Oi, meninas


Andei um tico sumida com muito trabalho e também problemas no meu editor de imagens, mas estou aqui para falar sobre uma aposta na moda para a temporada de inverno deste ano. São as jaquetas (que eu adoro) do tipo bomber.

Triton 

Maria Filó


Antes chamadas de flying jackets, as jaquetas bombers fizeram parte do vestuário do exército americano em 1917 e consagraram-se como um clássico da moda. Com as mesmas características desde a primeira peça já criada, as bombers jackets continuam com corte na cintura e nos punhos, mas apresentam novas adaptações para agradar diferentes estilos. 

Equus

Gatabakana


As novidades surgem em estampas étnicas, tecidos metalizados, comprimentos mais curtos em tons vivos e com aplicação de bordados localizados. Entre as marcas que apostaram suas fichas na peça estão A.Niemeyer, Colcci, Calvin Klein, Damyller, Equss, Gallerist, Gatabakana, Maria Filó, Tommy Hilfiger, Triton e UMA.

Colcci

Calvin Klein
Fotos: Divulgação


Fiz essa pequena seleção de alguns modelos e minhas preferidas foram a da Maria Filó e da Calvin Klein. Acho um charme essas jaquetas, e vocês?!
Espero que tenham gostado. Até  o  próximo post e em breve falarei de mais tendências para o inverno, como o folk, que alias é outro estilo do meu agrado.