Lapidando mais um espetáculo Belly Dance

Oi, meninas e meninos tricoteiros!!
O final do ano está aí e sempre que ele chega é tempo também de subir ao palco (quem diria que um dia frequentaria eles). Sim, sou bailarina de dança árabe. subo no tablado com minha turma da Cia Laywilsa Farah, me preparo pra isso ensaiando duro, caprichando no figurino, na maquiagem e adereços... Gente, não sou bailarina profissional e nem pretendo ser, mas coloco minha alma  em canta detalhe disso. Pense num prazer que a dança do ventre proporciona; ajuda a nos gostarmos com nossas limitações e potencialidades. Pra mim, isso se chama autoestima!  me sinto uma artista, mesmo que amadora e a plateia seja composta por nossos familiares e amigos, que estão lá para nos aplaudir  com ou sem erros na coreografia e expressar seu afeto por nós. Ok, você pode pensar: ela não tem corpo de bailarina, e daí? me amo do mesmo jeito e não tenho obrigação nenhuma de seguir padrões, sou uma mulher real e ponto final! minha única obrigação é ser feliz naqueles minutinhos que a coreografia dura, dar o melhor de mim....O texto é para estimular aos que aqui aportam a refletirem sobre suas potencialidades e o brilho interior que cada um carrega e ao mesmo tempo convidar para o nosso próximo espetáculo!!!
As fotos a seguir já nem me lembro de qual espetáculo foi (risos), mas são pra dizer que dia 06 de Dezembro temos encontro marcado no espetáculo Pedras Preciosas, que acontecerá no Teatro do Boi em duas sessões, às 18h e 20h. Nos encontramos lá com muito brilho, purpurina e afeto, fechado?!!










Fotos: Jefferson Lemos
Bailarinas: Adriana Lemos, Sâmia Medeiros, Lorena Ariel e Daniele Cunha


Nenhum comentário