Batom vermelho, aprendendo Sete Dias com Marilyn Monroe

Marilyn Monroe completa 50 anos de morta neste ano e o filme Sete Dias com Marilyn resgata, entre outras coisas, a make da diva, onde o batom vermelho é a chave da make up.  A  maquiadora que transformou a atriz Michelle Williams em Marilyn Monroe dá as dicas de como fazer a maquiagem, assim como era feita nos anos de 1950. E eu fiz algumas adaptações com base no que foi publicado na coluna Boniteza, da Folha.




Os focos da beleza são lábios, olhos e um formato de sobrancelha arqueado.
Nos olhos, a maquiadora usou de maneira moderada uma sombra marrom escura em toda a pálpebra móvel. Para marcar mais o côncavo, ela  usou um lápis marrom para fazer um traço curvos sobre as pálpebras, que depois é esfumado. 


Para a boca misturou dois batons da M.A.C, Ruby Woo e Brave Red, mas você pode usar outros, como o Intense longa duração 301, de O Boticário ou o Tomate  que é o batom líquido Intense Coleção Efeito Brilho Cor 04, ou ainda o Batom Intense Coleção Efeito Mate Cor 330.


Nas sobrancelhas, a maquiadora usou Eye Brows Fling, também da M.A.C, para destacá-las. Mas na hora de fazer sua make na vida real pode usar o de sua preferência na cor marrom se a pele for clara ou um cinza (eu gosto muito do cinza da linha Intense do Boticário) 

A adaptação das cores da make para o tom da pele é fundamental da base ao tom do batom, assim a maquiagem da Diva dos anos 50 pode ser usado sem susto 60 anos depois.

Nenhum comentário