Encontro de comadres



Finalmente fui a casa da Rosângela (a da direita na foto acima), um amiga triconauta (ela não tem blog, mas navega pela net nos sites e álbuns de tricô e acabou dando na 'praia' do Tricô com Bossa). Ela é experiente em tricô a mão e a máquina. E olha minha sorte: mora aqui na minha cidade...hehehehe...Hoje nos conhecemos pessoalmente e...tcharammmm...vai ser minha professora. Ela é uma artista de mão cheia, tem até ateliê e lá tem tesouros como muitas Montricot, Ninas , livros em Japonês, revistas alemãs e italianas..Aos poucos vou folear 'tudim' e fotografar coisas interessantes pra dividir com vcs. Tô muito feliz com esse encontro proporcionado pelo tricô. Ah! acreditem ela só tinha uma única revista repetida da Montricot e claro ela já é minha. rssss. Depois posto a foto da capa.


Este é o marido da Rosângela exibindo parte das gravats que ela fez pra ele. Sucesso certo entre os amigos. Aí na foto tem de tricô e crochê (ela também faz crochê, borda em ponto cruz e costura)


Rosângela tecendo uma luva. Olhem o detalhe das agulhas de duas pontas (são varetas de criança, aquele joguinho que todos nós tivemos. Vou comprar um pra mim. Grande sacada a dela) .

Um comentário

Anônimo disse...

Oi Adriana,
Adorei as fotos e, principalmente, os comentários. Não lembrei de lhe contar, mas conheci uma senhora que não podia comprar as agulhas de trico. Sabe o que ela fez?! Pegou dois raios de bicicleta, afinou as pontas e passou a fazer sapatinho de nenem para complementar a renda da família. Depois que voce saiu, encontrei outra coleção de modelos de croche e trico(mais trico). São + de 50 fichas colecionadas mes a mes (4 por mes)na revista Manequim. Aguardo sua visita para estudarmos juntas a receita da capinha para xícara. Abraços
Rosangel