Etiquetas do Bossa


Ao chegar em casa hoje vi um envelope deixado pelos correios e minha mãe deixou em cima do armário e: surpresaaaaa.. são as etiquetas que chegaram. Mandei fazer na Haco Vitual, foi rápido e sem burocracia. Em uma semana paguei, confirmou o pagamento e eles enviaram rapidinho. A fita é de tafetá e ficou jóia. O único senão é que as opções de desenho são restritas, pois ou faz-se na vertical ou na horizontal e sempre com a mesma letra, só está disponivel em uma cor (preta), mas o SAC da loja me respondeu que estão fazendo uma experiência e isso significa que em breve terão novidades. Adorei as etiquetas do tricô com bossa, agora as peças terão mais charme.
Ah, eles fazem a partir de 50 etiquetas ea empresa é no Brasil. Tem o link pro site na sessão Tricompras.
PS.: li em um blog de um tricoteiro (isso memso um homem) que ele via coisas de tricô (fios e acessórios) e começava a ter necessidade deles. kkkkkkkk. toh assim tb, pois vi etiquetas personalizads, umas em sites internacionais e outras (duas exatamente) em sitio do Brasil, além de blogs brasucas, ai comecei a sentir necessidades delas, como agora sinto necessidade de comprar zilhões de agulhass e acessorios diferetes, bem como material pra fazer tags, sem falr nas lã lindas que vejo na net e que aqui num tem.....kkkkk...eita, eita.

Dever de casa


Esse é meu dever de casa feito. É a receita da jaqueta pra xícara, agora falta fazer a parte circular coma s agulhas de duas pontas e será minha aula da próxima segunda com a Rosângela. Espero até lá ter feito a amostra do ponto leque pra inicar uma bolsa, andei meio sumida pq estive viajando, mas vamos ver se consigo dar conta de tudo até nosso proximo encontro.
Bem, como a receita foi alterada e abrasileirada, quando eu terminar a capinha vou postar a receita adaptada e traduzida.

Colorimetry by Dri


Ufa!! depois de pequenos atropelos consegui terminar a minha primeira colorimetry, até que ficou lindona...rsss...agora é só pôr um botão para o fecho.

Compras e projeto


Começo minhas aulas de tricô com a Rosângela nesta segunda-feira, 25, e fui às compras. rssss..afinal vou começar pela jaqueta para xícara que já postei a receita aqui. Será minha 1ª experiência com tricô 'circular' e preciso de agulhas de duas pontas, ai comprei um joquinho de pega varetas (dica da Rosâgela) pra servir de agulha (por módicos R$ 1,50). A espessura corresponde mais ou menos a agulhas de n° 3. Achei esse barbartane na cor 'cru' que pretendo fazer uma bolsa com ponto leque e ai comprei logo, junto com umas alças na mesma cor em acrílico (depois posto a foto). O projeto nas agulhas é uma colorimetry (desmanchei três vezes por perder a contagem de pontos) e depois na metade do trabalalho desmanchei mas uma carreira por ter percebido que havia executado errado, mas já toh bem perto de terminar, acho que acabo hoje (ebaaa). Para o projeto da faixa toh usando lã Família e agulhas n° 4.

Mon Tricot Verão


Esta foi a revista Mon Tricot (ano X , n° 71) que adquiri da Rosângela. Infelizmente era a única repetidaque eela tinha em sua extensa coleção de preciosidades. O legal é que ela tem o ponto leque o memso usado na bolsa Bergamo que já vi por aí em blogs internacionais.

Encontro de comadres



Finalmente fui a casa da Rosângela (a da direita na foto acima), um amiga triconauta (ela não tem blog, mas navega pela net nos sites e álbuns de tricô e acabou dando na 'praia' do Tricô com Bossa). Ela é experiente em tricô a mão e a máquina. E olha minha sorte: mora aqui na minha cidade...hehehehe...Hoje nos conhecemos pessoalmente e...tcharammmm...vai ser minha professora. Ela é uma artista de mão cheia, tem até ateliê e lá tem tesouros como muitas Montricot, Ninas , livros em Japonês, revistas alemãs e italianas..Aos poucos vou folear 'tudim' e fotografar coisas interessantes pra dividir com vcs. Tô muito feliz com esse encontro proporcionado pelo tricô. Ah! acreditem ela só tinha uma única revista repetida da Montricot e claro ela já é minha. rssss. Depois posto a foto da capa.


Este é o marido da Rosângela exibindo parte das gravats que ela fez pra ele. Sucesso certo entre os amigos. Aí na foto tem de tricô e crochê (ela também faz crochê, borda em ponto cruz e costura)


Rosângela tecendo uma luva. Olhem o detalhe das agulhas de duas pontas (são varetas de criança, aquele joguinho que todos nós tivemos. Vou comprar um pra mim. Grande sacada a dela) .

Faixa para Patrícia



Eis minha pequena obra prima: uma faixa de cabelo para minha prima Patricia que me deu de presente uma Vogue Knitty. Usei agulhas n°4, agulha auxiliar (média) para a trança, fio de algodão 100% (bella) e o ponto é o de n° 72 do manual de tricô da Cisne que baixei há tempos.
Bem, prima..agora só falta mandar costurar o elástico e colocar nos correios, ainda essa semana sua faixa chega ai em Salvador. Espero que goste!

Calorimetry




Sempre tive vontade de executar essa faixa de cabelo chamada calorimetry , mas sempre encontrava a receita em inglês e nos site brasileiros só fotos e nunca a tradução. Mas eis que um site chamado na Ponta da Agulha, de Portugual, não só traduziu como indicou a receita original no site da primeia e terceira fotos. O site portugês também tem um loja, pena que as mercadorias só são vendidas em Euro, mas vale a pena visitar ambos site. O blog é novo mas traz outras receitinhas que nós iniciantes vamos sempre amar, como o modelo de uma meia pequenina pra pegarmos prática. Como é realmente um achado decidi dividir com os visitsntes do Bossa. Espero que gostem!

Presentinho



Outra supresinha deixada pelos correios na minha casinha hoje...oba...Dessa vez foi o presente da minha querida prima Patricia, de Salvador. Ela esteve nos EUA recente e fez a gentileza de me comprar uma Vogue Knitting, o número de verão. Cada coisa linda e umas até fáceis de entender. Eita que agora tenho é projeto . rsss. Obrigada, querida, você fez uma tricoteira pra lá de feliz

Novas comprinhas

Bem que minhas amigas triconautas dizem que quem tricota vive a choramingar que não tem linha. Eu juro que fui comprar só um par de agulhas n° 3 para continaur um sapatinho que há anos comecei (perdi meu par de agulhas, devo ter jogado fora em alguma sacola), mas ai encontrei essa lã Familia da Pigouin toda mesclada e tive que trazer pra casa, ai aproveite e comprei uma fio mais fino Kreamor para um sapatinho de bebe e os botoões pra enfeitar o babador do fio mesclado, aliás, já estou tricotandoa peça, mas comprei varios botões como percebem na foto...rssss...acho que vou fazr um monte de babadores. rsss.
PS:. perdi muitas fotos do blog (amadorismo com o picasa), incluindo estas, mas vou deixar a postagem pois não quero deletar os comentarios.

Amostra ninho de abelha


Fiz a amostra do ponto ninho de abelha, que já postei a receita aqui no Bossa. E de fato é o mesmo ponto da jaqueta para xícara (oba!!!). Agora só falta a alma caridosa da Camila (minha mais recente amiga triconauta) mandar a tradução da receita e vou tentar fazer a peça que é muito charmosa. Fiz a amostra com 26 pontos, fio grosso 100% algodão e usei agulhas 4,5.

Chegaram..iupiii!!!


Minhas revistas Vogue Knitting chegaram...iupiiiiiiiiiiiiiii... grata supresa ao chegar em casa hoje o correio tinha deixado na minha casinha a encomenda das revistas que comprei há um mês na Yarn Market. Demorou, mas valeu a pena esperar cada segundo...ebaaaaaaa..tanto coisa linda que num sei nem por onde começo. rsssssss..